A elegante família das cordas

Marcos Arakaki, regente

|    Concertos para a Juventude

E. KRIEGER
BARBER
NEPOMUCENO
TCHAIKOVSKY
Divertimento para orquestra de cordas
Adágio para cordas, op. 11
Suíte Antiga
Serenata em Dó maior, op. 48

Marcos Arakaki, regente

Marcos Arakaki é Regente Associado da Filarmônica de Minas Gerais. Tem conduzido importantes orquestras no Brasil e também nos Estados Unidos, México, Argentina, República Tcheca e Ucrânia. Colaborou com artistas de renome, como Pinchas Zukerman, Gabriela Montero, Sergio Tiempo, Anna Vinnitskaya, Sofya Gulyak, entre outros. Vencedor do I Concurso Nacional Eleazar de Carvalho para Jovens Regentes (2001) e do I Prêmio Camargo Guarnieri (2009), foi Regente Titular da Sinfônica da Paraíba e da Sinfônica Brasileira Jovem, com grande reconhecimento da crítica especializada e do público. Gravou a trilha sonora do filme Nosso Lar, composta por Philip Glass, com a Orquestra Sinfônica Brasileira. Natural de São Paulo, é Bacharel em Violino pela Unesp e Mestre em Regência Orquestral pela Universidade de Massachusetts. Nos últimos anos, Arakaki tem contribuído de forma decisiva para a formação de novas plateias, por meio de apresentações didáticas, bem como para a difusão da música de concertos através de turnês a mais de 70 cidades brasileiras.

Programa de Concerto

Tchaikovsky escreveu sua Serenata para cordas no mesmo outono de 1880 em que compôs a hoje famosíssima Abertura 1812, praticamente uma em sequência da outra. Na época, seus sentimentos sobre ambas eram diametralmente opostos: "A abertura será muito alta e barulhenta, mas eu a escrevi sem qualquer sentimento caloroso de amor; provavelmente não será de mérito artístico nenhum. Mas a Serenata, ao contrário, foi escrita por um impulso interior. É uma peça do coração, e assim, atrevo-me a ter a esperança de que este trabalho não será sem qualidade artística". A obra tem como referência imediata as serenatas e divertimentos vienenses do século XVIII e, principalmente, as sinfonias italianas. Feita por um Tchaikovsky apaixonado pela música barroca, mas que não se esqueceu por um segundo sequer de suas origens.

6 mai 2018
domingo, 11h00

Sala Minas Gerais
concerto gratuito

Retirada antecipada: ingressos esgotados.
Retirada no dia da apresentação*: 300 ingressos serão distribuídos na manhã do concerto, a partir das 9h, na bilheteria da Sala Minas Gerais.

* Há um limite de quatro unidades por pessoa, não sendo autorizado o uso de um segundo CPF.

|    mais informações sobre ingressos
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2