O som da terra

11 e 12 de maio 2017, das 19H30 às 20H
Sala de Recepções
Palestrante: Carlos Prazeres

ir para a página deste programa

O armênio Aram Khatchaturian é um dos pilares da escola soviética de composição, junto a Prokofiev e Shostakovich, e sua música respira o folclore da sua terra. Sobrinho neto de Charles Darwin, Ralph Vaughan Williams dedicou-se à renovação da música inglesa do século XX, tendo, assim como Khatchaturian, a cultura britânica e as canções populares como base do seu processo criativo.

 

Na imagem, Sergei Prokofiev, Dmitri Shostakovich e Aram Khatchaturian (1945).

Carlos Prazeres

Carlos Prazeres é um dos mais requisitados maestros brasileiros de sua geração. Regente titular da Orquestra Sinfônica da Bahia, já atuou como assinante da Orquestra Petrobras Sinfônica (Opes), no Rio de Janeiro, até 2012. Tem dividido o palco com artistas como Ramón Vargas, Antonio Meneses, Heléne Grimaud, Rosana Lamosa, Wagner Tiso, Gilberto Gil, João Bosco, Ivan Lins, Milton Nascimento, entre outros. Prazeres estudou regência com Isaac Karabtchevsky, graduou-se em Oboé pela UNI-Rio e foi bolsista da Fundação Vitae durante seus estudos na Academia da Orquestra Filarmônica de Berlim. Desempenhou as funções de Oboé Principal junto à Barock Orchester Berlin, Opes, Orquestra Sinfônica Brasileira e Orquestra do Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Para se Aprofundar

OUVINDO

CD Memória Lindembergue Cardoso – Ritual e outras | Orquestra Sinfônica da UFBA; Orquestra Sinfônica Nacional da Rádio MEC; Madrigal da UFBA – Lindembergue Cardoso e outros, regentes (Governo da Bahia – volume 3 da Coletânea Memória Lindembergue Cardoso)

 

YouTube: Orquestra Sinfônica da UFBA – Piero Bastianelli, regente

 

CD 20th Century Classics – Khachaturian, Piano Concerto & Violin Concerto | London Philharmonic Orchestra; London Symphony Orchestra – Sir Adrian Boult, regente – Cristina Ortiz, piano – David Oistrakh, violino (Warner Classics – 2010)

 

CD Vaughan Williams – The nine symphonies | London Philharmonic Orchestra – Adrian Boult, regente (Warner Classics – 2012 – 5 CDs)

Eduardo Bastos – Lindembergue Cardoso: Réquiem para o Sol (Coleção Gente da Bahia – Assembleia Legislativa da Bahia – 2010)

 

León Biriotti – Grupo de Compositores de Bahia: reseña de un movimiento contemporâneo (Publicaciones del Instituto de Cultura Uruguayo-Brasileño, Montevidéu – 1971)

 

David Ewen – Maravilhas da Música Universal – João Henrique Chaves Lopes, tradução – vol. 1 – verbete Khachaturian (Editora Globo – 1959)

 

Michael Kennedy – The works of Ralph Vaughan Williams (Clarendon Press – 1994)

 

Lionel Pike – Vaughan Williams and the symphony  (Toccata Press – 2003)