Anthony Flint

Primeiros Violinos   |   Spalla

primeiros-violinos_Anthony Flint

Anthony Flint começou os estudos musicais em sua Inglaterra natal. Ainda bem jovem, emigrou para o Canadá, dando sequência à sua formação no Conservatório de Toronto, onde estudou violino com David Mankovitz e piano com Patricia Holt. Completou a educação musical graduando-se com a mais alta distinção pela Universidade de Indiana, em Bloomington, com os professores James Buswell, Larry Shapiro, Franco Gulli e Joseph Gingold.

 

A trajetória de Anthony como primeiro violino remonta aos anos 1970, quando atuou na Opera de Gian Carlo Menotti, durante o Festival del Due Mondi, na Itália. Logo após, Flint foi indicado para liderar várias orquestras no Canadá e nos Estados Unidos, incluindo a CJRT Radio Symphony, em Toronto, e The Orchestra of Illinois, em Chicago. De 1989 a março de 2012, foi o primeiro violino da Orchestra della Svizzera Italiana, na Suíça.

 

Passou também dez temporadas como spalla convidado da West Deutsches Rundfunk, na Alemanha, sendo convocado para ocupar a mesma cadeira na Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, a Osesp, por cinco temporadas. Atuou ainda como spalla convidado na Bournemouth Symphony Orchestra, na BBC Scottish, na English National Opera, na Orquestra Gulbenkian e na Zucher Kammerorchester.

 

A primeira atividade pedagógica de Anthony Flint foi durante seu mestrado, como Assistente da Universidade de Indiana. Ensinou violino na Orchestre Nationale de la Jeunesse e na Musike France, ambas na França. Na Itália, foi professor convidado do Conservatório Niccolò Paganini de Gênova e da Scuola Di Musica de Cremona.

 

Também se apresenta como solista e músico de câmara, tendo levado ao público interpretações com artistas como Vladimir Viardo, Jean Bernard Pommier, Bruno Pasquier, Yuri Bashmet, Wolfgang Boettcher, Wen Sinn Yang, Max Rabinovitz e Steven Swedish. Há mais de dez anos, Anthony Flint se apresenta em vários continentes com seu grupo suíço, o Trio Ceresio, e, mais recentemente, fundou o I Virtuosi di Minas, o qual lidera.

próximo