Roberta Arruda

Primeiros Violinos

primeiros-violinos_Roberta-Arruda

Roberta começou a estudar música em Campinas aos sete anos de idade, primeiro com a flauta doce e depois com o violino. Na juventude, participou dos mais importantes festivais brasileiros, tocou como solista em Campinas e São Paulo e, em 2001, integrou a Orquestra Jovem das Américas. Foi premiada no Concurso Jovens Instrumentistas de Piracicaba e no Concurso de Música de Câmara Henrique Nuremberg.

 

Com uma bolsa da Fundação Vitae, Roberta estudou por dois anos na Academia Franz Liszt de Budapeste, na Hungria. Lá, entre outros, teve como professores membros do Quarteto Bartók. Após aperfeiçoar-se também em Munique, na Alemanha, Roberta mudou-se para os Estados Unidos, onde completou mestrado com bolsa completa e recebeu o prêmio na Concerto Competition.

 

Ainda nos Estados Unidos, no estado do Novo México, desenvolveu uma carreira ativa como musicista de câmara, além de ter tocado como solista e integrado diversos grupos instrumentais, dentre eles o Santa Fe Pro Musica, onde foi Principal Assistente dos Segundos Violinos.

 

Em 2012, foi convidada para integrar o Quarteto La Catrina e começou a lecionar na New Mexico State University, onde ficou por três anos. Com o Quarteto, especializado em divulgar o repertório clássico latino, fez várias turnês pelos país e participou do Festival Cervantino, no México.

anterior próximo