Itinerários Sonoros – Itália

José Soares, regente

|    Concertos para a Juventude

MONTEVERDI
VIVALDI
ROSSINI
VERDI
PUCCINI
VERDI
Orfeu: Abertura
As quatro estações, op. 8: Concerto para violino nº 1 em Mi maior, RV 269, "Primavera"
Cinderela: Abertura
Nabucco: Abertura
Manon Lescaut, Ato III: Intermezzo
Aida: Marcha Triunfal e Balé

José Soares, regente

Natural de São Paulo, José Soares é Regente Associado da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, tendo sido seu Regente Assistente desde as duas temporadas anteriores. Venceu o 19º Concurso Internacional de Regência de Tóquio, edição 2021 (Tokyo International Music Competition for Conducting). José Soares recebeu também o prêmio do público na mesma competição. Iniciou-se na música com sua mãe, Ana Yara Campos. Estudou Regência Orquestral com o maestro Cláudio Cruz, em um programa regular de masterclasses em parceria com a Orquestra Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo. Participou como bolsista nas edições de 2016 e 2017 do Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão, sendo orientado por Marin Alsop, Arvo Volmer, Giancarlo Guerrero e Alexander Libreich. Recebeu, nesta última, o Prêmio de Regência, tendo sido convidado a atuar como regente assistente da Osesp em parte da temporada 2018, participando de um Concerto Matinal a convite de Marin Alsop. Foi aluno do Laboratório de Regência da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, sendo convidado pelo maestro Fabio Mechetti a reger um dos Concertos para a Juventude da temporada 2019. Em julho desse mesmo ano, teve aulas com Paavo Järvi, Neëme Järvi, Kristjan Järvi e Leonid Grin, como parte do programa de Regência do Festival de Música de Parnü, Estônia. Atualmente, cursa o bacharelado em Composição pela Universidade de São Paulo.

Programa de Concerto

A releitura para o conto de fadas de Charles Perraut foi uma das vinte óperas escritas por Gioacchino Rossini num intervalo de oito anos. Cinderela, em italiano, La Cenerentola, foi escrita entre o fim de 1816 e o início de 1817, bem a tempo da estreia durante temporada de Carnaval em Roma, em 25 de janeiro, no Teatro Valle. Tendo enfrentado problemas com a censura do Vaticano em trabalhos anteriores no Teatro Valle, Rossini questionou se o libretista Jacopo Ferretti teria "coragem" de escrever uma adaptação para os palcos de uma obra tão clássica. Desafiado, Ferretti produziu o esboço em uma madrugada e o entregou a Rossini no dia de Natal. O libreto ficou pronto em vinte e dois dias. Como em uma prova de revezamento, em que libretista e compositor caminham praticamente juntos, Rossini veio logo atrás, terminando a partitura em vinte e quatro dias. As performances iniciais receberam críticas indecisas, mas, pouco tempo depois, Cinderela decolou, tornando-se uma das óperas mais amadas do século XIX. Para conseguir entregar a partitura a tempo dos ensaios e da estreia, o compositor acabou por pegar emprestado alguns temas de outras óperas. E dessa maneira foi criada a Abertura desse trabalho.

Aida é a única montagem pertencente ao rol das grandes óperas a ter sua estreia em solo africano. Encomendada a Giuseppe Verdi pelo governador do Egito, por sugestão do arqueólogo Auguste Mariette, Aida conheceu o mundo em 24 de dezembro de 1871, no Teatro da Ópera do Cairo. O grandioso palco havia sido inaugurado dois anos antes, em celebração à abertura do Canal de Suez. Principal nome da ópera mundial havia pelo menos dez anos, Verdi não atravessou o Mediterrâneo para acompanhar a estreia. Mas sua mais importante ópera viajou não somente por aquele mar, mas por tantos outros – mares e oceanos – nos anos seguintes. Em dez anos, foi montada em mais de 150 palcos ao redor do globo. Atendendo ao pedido de algo com tamanha pompa e epicidade, o bastante para competir em popularidade com os trabalhos de Giacomo Meyerbeer, Verdi idealizou no segundo ato a dramática cena da marcha com o inimitável som do trompete. Um dos maiores monumentos de Aida, a Marcha triunfal e balé foi inspirada na tradição francesa da grand opéra.

16 out 2022
domingo, 11h00

Sala Minas Gerais, com transmissão ao vivo pelo YouTube
Quero ser lembrado deste concerto.
adicione à agenda 16/10/2022 11:00 AM America/Sao_Paulo Itinerários Sonoros – Itália false DD/MM/YYYY
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
25 26 27 28 29 30 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31 1 2 3 4 5