Maratona Beethoven | Fora de Série

Fabio Mechetti, regente
Rodrigo de Oliveira, violino

|    Fora de Série

BEETHOVEN
BEETHOVEN
BEETHOVEN
BEETHOVEN
Quarteto de cordas em dó sustenido menor nº 14, op. 131
Danças Alemãs, WoO 8
Romance nº 2 em Fá maior, op. 50
Fidelio: Abertura, op. 72c

Fabio Mechetti, regente

Natural de São Paulo, Fabio Mechetti é Diretor Artístico e Regente Titular da Filarmônica de Minas Gerais desde 2008, ano de sua criação. Em 2014, ao ser convidado para ocupar o cargo de Regente Principal da Filarmônica da Malásia, tornou-se o primeiro brasileiro a dirigir uma orquestra asiática. Foi Residente da Sinfônica de San Diego, Titular das sinfônicas de Syracuse, Spokane e Jacksonville, sendo agora Regente Emérito das duas últimas. Foi Regente Associado de Mstislav Rostropovich na Sinfônica Nacional de Washington. Além de uma sólida carreira nos Estados Unidos e no Brasil, já conduziu em países como México, Peru, Venezuela, Nova Zelândia, Espanha, Japão, Escócia, Finlândia, Canadá, Suécia e Itália. Mechetti é vencedor do Concurso Internacional de Regência Nicolai Malko. Possui títulos de mestrado em Composição e em Regência pela Juilliard School.

Natural de Taubaté, aluno de Elisa Fukuda e Claudio Micheletti, Rodrigo de Oliveira ingressou na Filarmônica em 2010, aos 19 anos. Aperfeiçoou-se em masterclasses com Augustin Hadelich, Rachel Barton Pine, Vadim Gluzman, Igor Sarudiansky, Charles Stegeman, Clara Takarabe, Pablo de León, Roberto Díaz e Misha Keylin. Formou-se em Violino pela Escola Municipal de Artes Maestro Fêgo Camargo, na classe de Jefferson Denis. Atuou como solista e spalla das orquestras Sinfônica Jovem de Taubaté, Sinfônica de Atibaia, Sinfônica de São José dos Campos, Ouro Preto e Camerata Zajdenbaum. É um dos protagonistas do documentário Prova de Artista, de José Joffily. Venceu o V Concurso Jovens Solistas da Sinfônica de Minas Gerais 2016 e o I Concurso Nacional de Jovens Solistas da Sinfônica de Goiânia 2017.

Programa de Concerto

Instrumentação:
piccolo, 2 flautas,
2 oboés, 2 clarinetes, 2 fagotes,
2 trompas, 2 trompetes, post horn,
tímpanos, percussão, cordas (sem viola)

O segundo Romance, Adagio cantabile, foi escrito em 1802. A forma alterna o lirismo do tema, em Fá maior, com a energia do motivo secundário, em fá menor. O final reintroduz o tema principal e conclui a peça com uma longa coda.

A única ópera criada por Beethoven, Fidelio, gerou três versões diferentes e quatro aberturas independentes. Concluída em setembro de 1805, a primeira versão da ópera, com a abertura hoje conhecida como Leonora nº 2, foi estreada em novembro e teve fria recepção, e foi retirada de cartaz após três récitas. Em dezembro do mesmo ano, Beethoven aceitou, com relutância, a ideia de revisar a ópera. A estreia com uma nova abertura, hoje conhecida como Leonora nº 3, se deu em março de 1806 e teve recepção um pouco melhor. Mas, infelizmente, seria apresentada apenas mais uma vez, em razão de um desentendimento de Beethoven com o diretor do teatro. No ano seguinte ele comporia, ainda, uma terceira abertura, hoje conhecida como Leonora nº 1, para uma apresentação em Praga que acabou por não acontecer. A ópera parecia fadada ao esquecimento. No entanto, em 1814, o diretor do Theater am Kärntnertor procurou o compositor para uma nova apresentação. Beethoven relutou, mas acabou aceitando, com a condição de poder retrabalhar a obra. Contratou um novo libretista, com a missão de dar mais agilidade à trama, e compôs uma nova abertura. Os esforços valeram a pena. A nova versão foi um sucesso e a ópera, reapresentada inúmeras vezes. Ao contrário das três aberturas Leonora, a Abertura Fidelio não apresenta explicitamente o conteúdo musical da ópera. Apenas alude a alguns trechos. É a mais coesa, festiva e brilhante das quatro, e a mais curta. Trata-se da abertura perfeita para introduzir a ópera, pois, ao invés de tirar a surpresa da trama, prepara o que está por vir. Como as outras três, ganhou as salas de concerto e é hoje, dentre elas, a mais conhecida.

31 out 2020
sábado, 18h00

Sala Minas Gerais
Quero ser lembrado deste concerto.
adicione à agenda 31/10/2020 6:00 PM America/Sao_Paulo Maratona Beethoven | Fora de Série false DD/MM/YYYY
Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb
27 28 29 30 1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31